30 de junho de 2011

Andradas e MEPA de artificial.

Pedra do Pântano
Final de semana passado fui pra Andradas-MG com o Beto de Araraquara. Saímos na sexta feira umas 11:00 e umas 3 horas a gente já estava na Pedra do Pântano escalando a via Caninãna 5º 7b E1 de uns 180 metros. Guiei a primeira enfiada e ali pude sacar o estilo predominante: cracas e agarras pequenas. O Beto guiou a segunda e eu entrei na terceira enfiada, o crux. A terceira é uma enfiada negativa com chapas e um diedro fendado no final. Irada! o final da via é uma aderência sinistra que o Beto guiou.

No segundo dia voltamos para o Pântano, dessa vez para um projeto que tinha, antes mesmo de conhecer Andradas. Livrar a Baguette não. Essa via tem 3 enfiadas fáceis em móvel e chapa até chegar num diedro amarelo e fendado. No meio desse diedro sai a enfiada crux, um artificial graduado em A1+. Guiei o diedro fendado, que achei um 7a e o Beto entrou em artificial na enfiada crux pra poder sacar as agarras e ver os movimentos. Ele chegou na parada da enfiada e me chamou, eu fui em livre, já com a cabeça que daria pra livrar.
Esse diedro é a enfiada anterior à do crux. O negativo logo acima era o artificial.
O Beto me passou uns betas e consegui chegar um pouco pra cima da chapa, sentei na corda e fui tirando os lances com parcimônia. Já saquei os lugares das proteções e os lances, acho que a via pode ser um 9b ou c, talvez 10a com grau de exposição E2 ou 3. Dia 22 de Julho volto para tentar a cadena guiando e sacando as peças, no puro estilo Tommy Caldwell. Agradeço muito ao Beto por ter equipado e visto muito bem quais peças seriam possíveis e viáveis para a MEPA(máxima eliminação dos pontos de apoio) dessa enfiada, ou seja, ele deixou apenas duas peças que seguram uma possível queda e que seriam de fácil colocação.

No terceiro dia fomos para o Elefante, pedra irada! Muito negativo, show de bola. Fizemos a via Erupção, uma fenda muito louca de 50 metros corta a parede, a via passa nessa fenda. Fizemos a via numa puta rapidez, e rapelamos muito rápido também num esquema de meiar a corda no olhômetro e descer em simultâneo com o Gri-Gri.

Agradeço em especial o Velho, do Abrigo do Velho, por nos receber com atenção, passar todos os betas, emprestar um nut essencial para a Baguette, e pela hospitalidade.

Outra coisa incrível de Andradas é a quantidade de boulder, o lugar é foda, muito teto, umas arestas visuais...bem massa.

Abraço André Funari

15 de junho de 2011

No foco!

Falaeee!!

Tempos sem escrever aqui no blog, agora na facul to curtindo escrever mais sobre outras coisas do que só escalada, bão também.

Mas as escaladas não param. Agora com o muro aqui em Rio Claro fica mais facil...Finger duas vezes por semana e muro uma ou duas.
Agora é treinar um pouco e aproveitar o final do semestre pra poder ir pro Cipó bem. Kamomm

As escaladas aqui na região de Rio Claro são as mesmas de São Carlos, mesmos picos. E inclusive a mesma distância, em média 50km.
Estamos(CUME e galera de Itirapina) abrindo várias linhas novas, a região está agora mostrando o seu maior potencial, estamos perto de 200 vias, uns 200 boulders e muita pedra pra abrir ainda!
Abrimos 3 vias novas em Itaqueri(3 setor) em um único dia, uma delas acho que é um 9b ou c. Outra em móvel irada, de 18/20 metros. E umas outras começadas.
Abrimos também muitos boulders ali no 3º setor, muito loucos. Vários boulders altos e técnicos e também vários negativos novos.

No Morro do Fogão abrimos o que pode se chamar de evolução, o novo boom da escalada esportiva: 3 boulders de v10 pra cima, todos no bloco do Ilha do Medo. Um deles é uma travessia que sai de baixo do blocão e atravessa pra direita, muito massa, esse é o talvez V10.
Outra linha foda é o Ilha saindo de baixo, você faz uns 5 lances pra chegar na aresta e virar, sendo que cada lance isolado deve ser um V5. Esse acho que é V12, tirei os lances, e na cadena cai perto da aresta, na próxima acho que sai, é só chegar com paciência.
A outra linha é o Reto no Ilha saindo mais de baixo, shit-start irado!

Bom galera é isso aee, fiz uma seleção de fotos, agora volto pros livros, talvez fique ainda um tempo sem escrever aqui, mas é isso ai, "são fases" não é Greg?

Kamom agora aproveitar o friozinho pra depois não reclamar do calor.


Uma das melhores escaladoras do Brasil, Mônica Pranzel
Monica Pranzel em um 8°

Medusa V9 - Morro do Forno, Altinópolis

Adicionar legenda


Thays na Sonho de ìcaro 7b - São Bento do Sapucaí

Morro do Forno

Koberle no Forno

Raúl Osét num V5 - São Bento do Sapucaí

Greg e toda a sua tenica

Animalzim loksmor

Lukinha no Atos Insanos V11 em Atibaia - Kamom fiii

Greg no 8 grau mais louco que ja fiz: Selivié - Face Sul do Bauzinho em São Bento do Sapucaí

Cazen

Milla num 7a na falésia dos olhos

Abraços, André Funari Frango.

9 de junho de 2011

Festa Junina da Caverninha - São Carlos

Falaeee!! To sumido aqui do blog, várias coisas pra atualizar, mas tá foda, sem tempo.

Só falar de duas coisas.
A primeira é que o terceiro setor de Itaqueri da Serra tá com várias vias novas e algumas pra terminar, o setor tá ficando show.

A segunda é sobre a festa junina que vai acontecer na Caverninha em São Carlos.
Bora lá galera, vai ser bem massa.

Abraços, Frango